quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Obrigado aos blocos e fanfarras dentro de mim

Então levantamos e vemos que o carnaval passou e com ele nossa energia foi renovada, limpa, renascida. Tiramos a cabeça do travesseiro, as máscaras e fantasias e seguimos realizados para o trabalho, para aquilo a que entregamos nosso tempo, dedicação e respiro.

Obrigado blocos e fanfarras dentro de mim.

Obrigado aos caboclos de lança que me ensinam o truque da batalha colorida e ao maracatu que potencializa o que me pulsa.

Obrigado ao frevo que me salta, as marchinhas que me carregam e o frevo de bloco abraçando sem distinção.

Aos bêbados e as bebidas que libertam, as mulheres que me incitam e aos homens que me desafiam.

Obrigado as fantasia que nos divulgam e se permitem terminar.

Obrigado ao carnaval que me joga de um lado para outro e prova que viver é uma alegria.




5 comentários:

  1. Puta que pariu!!! Com a Seu Chico vc já era bom... mas solo... vc é foda!!! Seu som ao vivo é de arrepiar!!! Preciso ir a uma apresentação sua... me alimentar de boa música e poesia...

    ResponderExcluir
  2. Nós é que agradecemos a tu a chance de podermos aprender um pouco mais sobre o que é poesia através de você e sua música! :)

    ResponderExcluir
  3. Cara, você é bom pra caramba. Tem o meu respeito.
    Sabe? Não ligue para o que muitos idiotas falam por aí, querendo pagar de intelectuais. Aqueles que não sabem apreciar artistas novos, como se eles não tivessem a chance de serem bons. Te dou um conselho, amigo: não ouça nada que venha da boca de um crítico ou de qualquer um que se considere crítico musical. Como Kurt Cobain dizia, "a categoria de críticos que não consigo suportar é a dos falsos alternativos". Não devo generalizar, absolutamente não. Mas a maioria dos críticos não passa de músicos mal sucedidos, que acham que podem afirmar, "ele é supervalorizado", ou "mas ele não é punk!". O papel da maioria é apenas etiquetar. Sabe? Eu sou rockeira e eu fico, digamos, passada com o que vejo em FCs de rock no Facebook. O rock deveria ser mais de um gênero musical; deveria ser uma filosofia de vida, representando a quebra de preconceitos, a igualdade e a liberdade. Contudo, parece que alguns que se consideram "rockeiros", não têm esse pensamento, não respeitando a outros gêneros. Parece que esses FCs de rock existem não para focar-se no rock, mas para focar-se na crítica a outros gêneros, como o samba. Vejo muita gente que paga de rockeiro, falando mal de samba. Completos ignorantes. Samba é cultura, e quem não o valoriza, não sabe dar importância ao seu próprio país. Já vi uma quantidade considerável de artistas estrangeiros que são fãs de músicos brasileiros. Então, é isso cara. Te desejo muito sucesso na carreira!

    ResponderExcluir
  4. E obrigado ao Tibério, pois suas músicas me fazem um bem danado de bom! ;D

    ResponderExcluir
  5. Volta a escrever aqui tiba! :)

    ResponderExcluir